top of page
  • Foto do escritorThielen Taveira

Você não precisa começar o ano com metas definidas


Neste início de ano, muitas pessoas sentem a pressão de criar grandes metas para os próximos 12 meses.


Embora seja ótimo ter objetivos, não se sinta obrigado a correr para criar uma lista nos primeiros dias do ano. Você tem todo o tempo para refletir e decidir o que faz sentido para você.


Se você está buscando orientação para definir suas metas, abaixo compartilho três sugestões que podem te ajudar a dar os primeiros passos. Mas lembre-se, se preferir deixar as coisas acontecerem naturalmente, está tudo bem.


Não se sinta pressionado, o mais importante é respeitar suas necessidades.


1. Reserve um tempo para refletir sobre sua vida nos últimos meses e identificar o que gostaria de mudar. Essa resposta pode se tornar seu compromisso para o futuro.

2. Visualize o que deseja conquistar nos próximos meses e como se sentiria ao alcançar esse objetivo. Considere as emoções envolvidas e o que seria necessário para alcançá-lo.

3. Reconsidere atividades que gosta, mas por algum motivo deixou de fazer. Talvez seja hora de priorizá-las como metas.


Dica extra: Menos é mais. Não se sobrecarregue com muitas metas. Comprometer-se com uma já é suficiente. Comece devagar.


Lembre-se, atender às suas necessidades é fundamental para manter a saúde mental. Portanto, não se sinta pressionado a seguir o fluxo.


Faça o que faz sentido para você e, se estas sugestões ressoaram contigo, compartilhe com alguém especial.


Com carinho, Thi.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page